Mais um ano vem o BTT EUROCIDADE VALENÇA-TUI-VALENÇA, nesta X edição vamos tentar fazer com que desfrutem do percurso, dos refrescos, das paisagens, do bom ambiente e claro do Porco o Espeto na companhia de muito de amigos. Temos dois percursos, um de 40 km e outro de 73 km, o primeiro é com o intuito de desfrutar da BTT e o segundo é de desfrutar e sofrer na bicicleta, haverá um corte ao km 39 (passagem da “Ponte de Ferro” , direcção Valença), pelo que qualquer participante que não atinja a hora prevista (12:30.es – 11:30.pt), não poderá realizar a marcha longa. Caso algum participante descontrolado decida continuar o percurso, não encontrará sinalização, nem refrescos, nem se fará acompanhar de qualquer “vassoura” e fá-lo-á exclusivamente sob a sua responsabilidade, para o que expressamente cede a organização, face a qualquer tipo de acidente, incidente, lesão ou eventualidade que possa decorrer da sua decisão.

A celebração da marcha está limitada a 1.200 participantes. A prova é livre de caráter não competitivo e será neutralizada até ao km 5. O percurso curto é de dificuldade física média-alta (1.100 m de desnível positivo), alcançável para ciclistas com alguma preparação física e o percurso longo de dificuldade física elevada e técnica média (1.900m. de diferença positiva), para quem quer se exercitar de forma mais completa.

A saída dos primeiros 500 ciclistas será por ordem de inscrição.

A saída dos primeiros 500 ciclistas será por ordem de inscrição

Nesta edição, o ponto de partida será de Valença e chegada na fortaleza de Valença, com partida às 09h00. Prepare-se para um passeio onde você encontrará uma grande variedade de terrenos para mountain bike, o circuito foi pensado para que os bikers possam completar os passeios e que a experiência seja muito gratificante para todos e claro, para os mais ousados ​​temos trilhas que vai aumentar sua adrenalina.

Subiremos o Monte Aloia (Tui) e o Monte Faro (Valença). Começamos pelas ruas de Valença e atravessamos a Ponte Internacional (Ponte de Ferro) em direção à zona monumental de Tui passando pela famosa “Corredoira”, são 5 km neutralizados para segurança dos participantes onde predomina o asfalto. Já com as pernas quentes, inicia-se o percurso livre, e vamos rumo à freguesia de Guillarei com pouca dificuldade, e aproveitando as paisagens das Ribeiras do Louro, vamos começar a subir um pouco os pulsos pelas serras de Rebordans, já no serras dos Pazos de Reis haverá os primeiros refrescos (líquido, km 15) para continuar a subir até ao cume da Aloia onde na parte final encontraremos as zonas de mais dificuldade técnica e física. Uma vez coroado o Monte Aloia, teremos o segundo reabastecimento (sólido e líquido, Km 27) para recuperar o atraso, apertar o capacete e partir como um raio para a descida espetacular que preparamos para você este ano, com trilhas épicas que vai trazer-lhe muitas memórias e caminhos com alternativas para os menos atrevidos, que vão percorrer as serras da Comunidade de Randufe e Malvas e vão levar-nos de volta ao centro urbano de Tui, onde quem se atreve pode descer as espetaculares escadas de a área Monumental, que nos deixará no rio a pé para cruzar novamente a Ponte Internacional. Haverá o desvio para o percurso curto e longo (Km 39), os do percurso curto já enfrentarão o troço final até chegarem à fortaleza de Valença onde será a meta, e os que ainda tiverem folga e decidirem para fazer o percurso longo terá que passar por desvio antes das 12h30 (hora espanhola) para enfrentar uma subida rumo aos aerogeradores do Monte Faro com vistas espetaculares para o Minho, terá lugar o terceiro reabastecimento (líquido, Km 52) enfrentar vários quilómetros sem cuidado com subidas contínuas, ca mirada colocar os aerogeradores e antenas, onde vamos terminar a subida e apertar bem o capacete para enfrentar a descida que nos levará de imediato à fortaleza de Valença onde a meta será ser.

Percurso curto 40 km

Percurso longo 73 km